sábado, 5 de março de 2011

Missão cumprida

Ou quase....
Á cinco/quatro anos atrás, tinha 15 anos, foi-me diagnosticada uma dislipidemia, fiquei logo assustada mas nada de pânico e choro, a única coisa que realmente me tirava noites de sono e me deixava num estado de stress era o facto de ter que fazer análises de três em três meses (agora já é uma relação tipo tu cá tu lá), já agora, não pensem que só comia porcarias e que era gordinha e tudo e tudo, sempre fui relativamente magra, e a minha alimentação nunca foi de extremos, é uma questão genética (obrigado mãe) e vou ter que viver com isto para o resto da vida.  A maior parte das pessoas diz-me "Também é só colesterol, não é nada de mais, quase  toda a gente têm. Come lá até caíres para o lado e vê se deixas de fazer dietas que estás magra que chegue."  e isso irrita-me tanto que fico capaz de lhe dar uma cabeçada, eu é que sei da minha vida, e se faço dieta não é só por uma questão estética, é pela minha saúde, os meus  valores são bastante consideráveis para a minha idade (300mg/dl sendo que o normal é <190 mg/dl) e se não quero vir a sofrer de uma AVC com 20 ou 25 anos é melhor cuidar de mim. Ando a ser seguida e para já não tomo remédios, pelo simples facto de que sou muito nova e se os começar a tomar vai ser para toda a vida, então a única forma de manter isto controlado é ter cuidado com a boca e mexer o corpinho. A verdade é que não tenho tido atenção em nada mesmo, e numa tentativa de me mentalizar que tinha que fazer cuidado fiz análises e o meu colesterol estava novamente a 300, estou a fazer dieta à duas semanas e hoje fui repetir as análises e estava a 232.
E pronto é isto, estou orgulhosa pela 1000 vezes por ter conseguido baixar os meus níveis.

Imagem

3 comentários:

Nokas disse...

Não ligues ao que os outros dizem, fazes muito bem em cuidares da tua saúde.

Mar disse...

Gostei do post. É complicado muitas vezes fazer-se o que é preciso quando os outros parecem uma barreira ainda maior (como se não bastasse a doença em si). Força aí e acredita que TODA A GENTE DEVERIA FAZER O MESMO QUE TU, mesmo aquela senhora que te vem dizer para comeres até cair para o lado. Tu ainda tens de ter uma força maior porque os teus níveis de colesterol já estão mais elevados do que na maior parte da população que tem a tua idade.

Qual é o tipo da tua dislipidémia?

voo27 disse...

Não é nada fácil, mas tudo se consegue com esforço ;) Obrigado pelo comentário! Hipercolesterolemia