sábado, 5 de maio de 2012

Das amizades....

Sou bastante intransigente no que toca a amizades, sou muito selectiva e não me abro definitivamente a qualquer pessoa (não sou do tipo, que conta a vida toda a uma pessoa que conhece à pouco tempo). Após dois anos de faculdade não encontrei o que toda a gente diz que encontra os amigos de verdade, após dois anos fiz MUITAS amizades, conheci MUITAS pessoas, falo com muitas pessoas mas não ninguém suficientemente bom para chamar de amigo. Conheci pessoas com quem me identifiquei mais, verdade, mas que me desiludiram SEMPRE (resta saber se o problema é meu ou delas). Tenho os meus amigos de verdade, amigos de longa data com quem sei que posso sempre contar e esses vão estar sempre no meu coração. Quanto ao resto, acho muito sinceramente que existem muitas amizades de conveniência nas faculdades, muitas pessoas falsas que só querem tirar umas fotos bonitas e dizer "Eu tenho muitos amigos yeahh" e por ai além....


11 comentários:

Sara B. disse...

Concordo plenamente contigo! Os amigos são sempre poucos, quem diz que tem muitoooos amigos é mentira, quando realmente precisar deles vai ver que não têm nenhum, ou pouco. Eu prefiro logo dizer que tenho poucos amigos, mas bons.
E eu também sou como tu, sou selectiva e não falo das coisas com toda a gente.

Há um sorteio no meu blog, caso queiras participar vai até lá. *

Sofia Rocha disse...

Também sou selectiva, e não me abro com toda a gente. E é assim que quero ser sempre !

Hoochie Coochie Gal disse...

Sempre ouvi dizer que as grandes amizades se faziam nos tempos de faculdade. Cheguei ao fim do curso com a mesma sensação que tu - muita gente conhecida, algumas amizades, mas não amizades para a vida. A verdade é que as boas surpresas vieram precisamente depois de deixar a faculdade, quando algumas dessas amizades se tornaram (por circunstâncias diferentes) realmente importantes. Uma dessas pessoas é, actualmente, a minha amiga mais próxima, aquela com quem divido tudo, com quem falo todos os dias... e, nos tempos de faculdade, não éramos nem metade disso! Também não sou de me abrir a qualquer pessoa, mas, às vezes, a vida traz-nos surpresas boas :)

Carolina Spinola disse...

Eu ja tive muitas desiluzões e muitas traições de amigas , por isso é que agora sou mesmo muito defensiva e não dou confiança a muita gente .

Beijinhos , Bom fim de semana

Di* disse...

Na faculdade encontrei dois amigos para a vida :D mas nem todos somos iguais

Kishikiari disse...

isso existe em todo o lado não só nas faculdades, até os supostos amigos para apontamentos, tb dispenso gente dessa na minha vida, mas fiz grandes amigos na fac

Maria disse...

nos tempos de faculdade fiz amizades para a vida. mas nenhuma dessas pessoas estudava comigo, ou andava na mesma faculdade que eu ;)

bjo*

***
Sorteio no Blah de um delineador em gel da Shiseido e um batom da Illamasqua! Participa ;)

http://makeupblah.blogspot.pt/2012/05/sorteio-be-fierce-no-blah.html

Mia disse...

lol estou mesmo a ver o género! infelizmente há mt gente com essa necessidade. mas cada caso é um caso! depende :)

http://pegadafeminina.blogspot.pt/

Closet2Me disse...

Na faculdade fiz 3 bons amigos o resto conhecidos ;)

Aida disse...

identifiquei me imenso com o que escreveste! A verdade e que estou na faculdade ha 6 anos e fiz algumas amigas de verdade, mas a maioria foram desilusoes, pessoas que me fizeram sofrer imenso! Isso fez com que se torne muito mais dificil confiar em alguem, mas quando faço um amigo, fica para a vida.. Tenho orgulho em dizer que tenho no maximo meia duzia de verdadeiras amizades, mas sei que vao durar para sempre!


http://placequotehere.blogspot.pt/2012/05/weekly-bits-5.html

Paulette Goddard disse...

Oh, quanta razão te dou! Acho que para toda a vida nunca vão ser muitos os amigos verdadeiros. Mas no fundo, o que importa é que sejam poucos mas bons!
Boas palavras!